Tudo pode ser perigoso


 

Presilha que a menina Valentina engoliu
Presilha que a menina Valentina engoliu

Essa história da menina Valentina, que morreu após ter engolido uma presilha de cabelo, me deixou muito triste. Porém, agradeci novamente aliviada. Vou explicar porquê: Em fevereiro fomos viajar para o litoral norte. Em uma das noites lá, saímos para jantar. Arrumei Tete e coloquei duas fivelas “tic-tac” pequenas no cabelo dela. Ao chegarmos ao restaurante, ela já estava sem as fivelas e eu não as encontrei. Mas fiquei tranquila pois achava que tinha caído no carro. Porém, durante a madrugada, Tereza começou a passar mal, com febre e teve um vômito. No mesmo momento lembrei das fivelas e me bateu um desespero que não consigo explicar de tão grande. Cuidei dela, dei banho, coloquei novamente para dormir e fui até o carro, às 4 da manhã, para procurar as fivelas. Revirei tudo, tirei cadeirinha, levantei os bancos, tirei os tapetes. TUDO. Comecei a chorar com medo de estar certa quanto à minha suspeita dela ter engolido as fivelas. Nesse momento, comecei a rezar muito e pedir à Deus para não fazer isso comigo (cada um tem a sua crença e nesse momento eu aceitava ajuda de todos os santos, orixás, entidades…). Chorando muito comecei a colocar as coisas no lugar, abaixei os bancos, coloquei os tapetes, prendi a cadeirinha… Tudo isso pedindo e rezando. Como nunca havia feito na minha vida. Ao fechar a porta do carro, olho para o chão e vejo as duas fivelas. Caídas. No mesmo local que eu havia olhado dezenas de vezes e não estavam. Explodi num choro de alívio e agradecimento. Abaixei e chorei… muito… Agradecendo. O que eu quero passar com tudo isso? Não… não estou falando de religiosidade. O que eu quero pedir à todos que tem uma criança pequena em casa é: TOMEM MUITO CUIDADO. Sempre!!! Com tudo!!! Qualquer coisa pode se tornar perigosa nas mãos destas criaturinhas inocentes, que não percebem os riscos. E que Deus conforte o coração dos pais e familiares da Valentina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *